Apresentação de Projetos e participação popular na Tribuna Livre foram os destaques na Câmara

Na última Sessão Plenária da Câmara de Vereadores de Itacarambi, realizada nesta quinta-feira (13), o vereador Waldomiro “Bedego” apresentou requerimento acerca de emendas impositivas do ano de 2021 que destinava recursos para obra de construção do prédio da Associação de pais e Amigos do Excepcionais (Apae) de Itacarambi.

“A Apae continua funcionando em local provisório, porém está se tornando definitivo, sendo que nós temos o espaço, colocamos as emendas e até então o executivo ainda não tomou as devidas providências para execução da obra. ” Justificou Bedego. O requerimento foi aprovado por unanimidade.

O vereador Juvenal Seixas apresentou pedido de reforma da Unidade Básica de Saude (UBS) do bairro São Francisco. Juvenal justificou relatando alguns problemas encontrados na UBS.

“Eu já havia feito um pedido para reforma do telhado, pois molhava muito quando chovia. Agora estou pedindo uma reforma geral. Onde funciona a vacina, por exemplo, pode ser interditado. Paredes mofadas, precisa trocar aquela tela ao redor por um muro. Sentei com a prefeita e fiz esse pedido a ela, a resposta que ela me deu foi que assim que terminar a reforma do hospital, a próxima reforma será da UBS do São Francisco. ” Declarou Juvenal. A Indicação foi aprovada por todos edis presentes.

Ao fim da reunião, a professora aposentada do município, Dona Cleusa Valeriano, fez uso da tribuna livre para falar da tentativa de homicídio sofrida por seu irmão na semana passada. Um jovem feriu Juarez Valeriano com golpes de arma branca. Segundo informações, o jovem seria usuário de drogas. Em um discurso emocionante, Dona Cleusa “clamou aos vereadores” que faça um trabalho especial sobre o cuidado aos jovens do município que enfrentam problemas com uso de drogas.

O presidente da Câmara, vereador Alberto Lopes, prestou solidariedade à família Valeriano e falou sobre a criação da comissão de segurança pública para discutir sobre assuntos de segurança do município. Berto lembrou que haverá na cidade uma audiência pública para debater sobre a segurança em Itacarambi, e que irá contar com a presença de autoridades como deputados, juízes e promotores.

O presidente propôs aos demais edis uma emenda no orçamento que possa destinar um valor (ainda a ser definido) para que o município possa pagar o tratamento junto com as famílias que não tem condições de arcar com o tratamento de recuperação de seus jovens.

“Vamos ver dentro da legalidade. O que for legal essa casa irá apoiar para o bem das famílias de Itacarambi. ” Declarou Bertão.

O vereador Bruno Tiago “Buguinha” alertou para a importância de se fazer investimento em políticas públicas que possam dar oportunidade aos jovens da cidade de fazerem cursos e assim terem oportunidades de trabalho, sendo uma maneira de não correrem risco de entrar no mundo das drogas.

“Segurança é importante? Sim, mas primeiro tem que investir em políticas públicas. Precisamos nos reunir com a secretária de Assistência Social, e secretária de Educação para que possam ser oferecidos cursos e capacitações para os jovens de Itacarambi. Nossos jovens estão muito ociosos. Estas são medidas imediatas. ” Disse Buguinha.

Rildo Madureira – AssCom Câmara Municipal de Itacarambi