Após debate mais acalorado, reunião extraordinária para votação de aumento aos professores é suspensa

A reunião extraordinária para votação do Projeto de Lei Nº 09/2022 que dispõe sobre a adequação da remuneração mínima aos servidores da educação básica que aconteceria nesta segunda-feira (27) foi suspensa, o motivo; um grupo de supervisores da rede de ensino do município esteve presente para reivindicar o direito de também serem incluídos no Projeto de reajuste.
O Vereador Valdomiro (Bedego) apresentou emenda para, segundo ele, autorizar a inclusão dos supervisores no recebimento do reajuste. O vereador concorda com a reivindicação dos profissionais e entende que o aumento é direito de todas as categorias do magistério.
Os vereadores Juvenal e Buguinha, questionaram a emenda por alegarem ser inconstitucional. De acordo com os edis, a câmara não tem poder de onerar folha salarial de servidores.
Bedego explicou que a intenção da emenda por ele apresentada foi de tentar uma possibilidade de diálogo para que o projeto pudesse ser alterado a fim de incluir a categoria no reajuste.
Após um breve debate mais acalorado, o presidente da Casa, Alberto Lopes suspendeu a reunião para que haja uma conversa entre a secretária de educação, vereadores e supervisores com intuito de conseguir inserir os profissionais no Projeto citado.

ASSCOM Câmara Municipal de Itacarambi – Rildo Madureira

Pular para o conteúdo